Paula Fernandes destaca amadurecimento em lançamento do álbum “Amanhecer”

Coletiva Paula Fernandes_lecovianaPhotos-9

Contente, feliz e mais leve.  É como Paula Fernandes se descreve no momento. Na última segunda (19), a cantora esteva na capital paulista, em coletiva de imprensa que marcou o lançamento do álbum “Amanhecer”. Apesar do nome escolhido, bem que poderia ter sido “Amadurecer”, pelas citações da própria cantora durante o encontro com os jornalistas.

“É o meu próprio amanhecer, uma fase de repaginar. Tenho muito a construir ainda, mas é um momento de amadurecimento”, revela Paula, logo nos primeiros minutos da entrevista. “Estava ansiosa com este novo trabalho, porém minhas novas inspirações, em forma de canção, me trouxeram boas notícias”.

Sobre o resultado final, ela acredita que tenha uma identificação muito forte com a terra, tendo a “cara” do Brasil. Paula ainda ressalta que está livre de rótulos. Apesar da raiz sertaneja, se classifica como uma “cantora universal”.

A cantora fez um balanço dos 6 anos que a separaram do anonimato, dizendo que tudo tem sido muito prazeroso. O novo disco é o resultado de vários laboratórios, segundo ela. “É o mais leve de todos e traz mais frescor na minha carreira”, avalia.

São 12 faixas autorais, com apenas  três parcerias.  Duas delas em “Pedaço de Chão”, onde divide a composição com Victor Chaves e canta ao lado de Almir Sater. Paula confessa que as influências são muitas e que sempre foi muito eclética : “Ouço de tudo. Tenho que destacar a produção musical do Marcio Monteiro, que me acompanha há pelo menos dez anos. Alguns arranjos são simples, violao e guitarra, outros mais refinados”, revela. Os músicos que participaram da gravação são os mesmos que a acompanham na estrada, fato não tão comum no meio. Ela crê que esse fator também ajuda no resultado final, devido ao entrosamento e talento que eles têm a oferecer.

Paula ainda fala sobre o crescimento das mulheres no meio sertanejo, dizendo acompanhar alguns nomes (sem citá-los), mesmo antes do sucesso: “Fico feliz que eu abri a clareira ‘na foice’ e encorajei as meninas a mostrarem seu talento. A mulher tem um jeitinho diferente de fazer as coisas e o Brasil só tem a ganhar com isso, não só no sertanejo”.

Entre as inevitáveis respostas sobre sua forma física, cabelo, maquiagem e vida pessoal, ainda sobrou tempo para uma “cutucada” em quem administrou sua carreira num passado recente. “É o melhor momento da minha vida. Assumi minha carreira, sou empresária da Paula Fernandes. Tudo tem a minha cara. Estamos no caminho certo. É uma grande responsabilidade, mas estou satisfeita com toda a experiência que venho ganhando. Hoje a equipe tem a minha cara. São profissionais preparados para me representar. Antes, outras pessoas acabaram distorcendo minha imagem em alguns episódios. Hoje o fã sabe quem eu sou”.

Para bom entendedor, meia palavra basta.

22/10/2015

Carlos Guerra / Leco Viana / Porteira Brasil

 

Fotos: Leco Viana / Porteira Brasil

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Tagged with:     , , ,

Sobre o autor /


Veja também

Post your comments

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Porteira Brasil Comunicação

Assessoria de comunicação especializada no meio artístico, a Porteira Brasil Comunicação também é responsável por um dos sites de notícias e matérias diárias sobre o mundo sertanejo mais conhecidos do mercado.

CONTATO:

carlos.guerra@porteirabrasil.com.br

SUGESTÂO DE PAUTA:

pauta2@porteirabrasil.com.br